More
    InícioReportagensSensibilização para a Leucemia Mieloide Aguda - “Cada momento conta

    Sensibilização para a Leucemia Mieloide Aguda – “Cada momento conta

    “Cada dia é uma nova oportunidade para que as pessoas com Leucemia Mieloide Aguda (LMA) vivam momentos que valem toda uma vida. “Cada momento conta” é este o mote da campanha “Mais Momentos com aLMA”, relançada esta sexta-feira, dia em que se assinala o Dia Mundial de Sensibilização para a Leucemia Mieloide Aguda (LMA). A campanha é promovida pela Sociedade Portuguesa de Hematologia, a Associação de Apoio aos Doentes com Leucemia e Linfoma (ADL), a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) e a Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas (APLL).

    “Mais Momentos com aLMA” é uma campanha digital que contempla a divulgação de um vídeo com forte impacto emocional de forma a aumentar a consciencialização para a doença. O vídeo da iniciativa estará disponível nos canais digitais dos parceiros. Em paralelo, pretende-se convidar os portugueses a tornar esta efeméride mais especial, ao partilhar momentos especiais nas redes sociais com a hashtag #maismomentoscomaLMA.

    Esta é a mais comum das leucemias agudas, sendo responsável por cerca de 25% dos casos. Atualmente o número de pessoas que vivem com LMA é cada vez maior e a esperança média de vida destas pessoas tem também vindo a crescer. Um diagnóstico e tratamento precoce podem aumentar a probabilidade de sobrevivência destes doentes. Por isso, é tão importante um diagnóstico e tratamento precoce de forma a reduzir o impacto da doença na qualidade de vida dos doentes”.

    “A LMA é uma doença com altas necessidades médicas: trazer opções de tratamento inovadoras para atender a essas necessidades é da maior prioridade e é fundamental para melhorar os resultados e a qualidade de vida das pessoas que vivem com esta doença”, refere Caterina Golotta, Diretora médica da AbbVie Portugal.

    Estima-se que em Portugal todos os anos sejam diagnosticados 190 novos casos de LMA1. É um cancro raro e agressivo do sangue e da medula óssea que interfere no desenvolvimento de células sanguíneas saudáveis. Apenas dois em cada 10 doentes com LMA com mais de 70 anos alcançam os 2 anos de sobrevivência2. Um diagnóstico de LMA afeta significativamente todos os aspetos da vida de um doente, cuidador e família, durante o diagnóstico, tratamento e recuperação.

    Esta iniciativa é realizada pela AbbVie Portugal em parceria com as entidades referidas: Sociedade Portuguesa de Hematologia, a Associação de Apoio aos Doentes com Leucemia e Linfoma (ADL), a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) e a Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas (APLL).

    Redação
    Redação
    Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.