More
    InícioReportagensMedida de centralização no DCIAP de inquéritos a maus-tratos em lares de...

    Medida de centralização no DCIAP de inquéritos a maus-tratos em lares de idosos

    A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) e a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) saúdam a decisão de centralizar no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) o inquérito de processos relativos a suspeitas de maus-tratos à população idosa residente em lares.

    Os dirigentes das duas organizações representativas do setor solidário (ORSS) salientam que esta decisão da Procuradoria-Geral da República (PGR) é muito importante porque demonstra que há uma maior preocupação com o bem-estar da população idosa, sendo importante uma maior fiscalização, sobretudo decisiva em estruturas que funcionam fora da cooperação.

    Realçam ainda que esta decisão da PGR é também uma medida de proteção para os dirigentes e trabalhadores das estruturas residenciais, que interagem e apoiam diariamente esta população e os seus familiares e que por vezes são colocados, de forma primária, em situação muito difícil.

    Reforçando não haver conhecimento de situações de negligência em estruturas residenciais para a população idosa geridas pelas Misericórdias e instituições sociais, assim como a sua disponibilidade total para colaborarem com as entidades responsáveis sempre que for necessário, as ORSS reafirmam a importância desta medida para uma melhor proteção do idoso e apoio na manutenção da sua qualidade de vida.

    Sobre a União das Misericórdias Portuguesas

    A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) é uma associação de âmbito nacional, criada em 1976 para orientar, coordenar, dinamizar e representar as Misericórdias, defendendo os seus interesses e organizando atividades de interesse comum.

    Enquanto promotora da economia social, a UMP tem pautado a sua atuação pelo diálogo entre as Misericórdias e os diversos parceiros institucionais, participando ativamente na definição e execução de políticas públicas sociais, com o objetivo de assegurar respostas sociais e de saúde que contribuam para o desenvolvimento de uma rede de apoio para o bem-estar da população.

    Redação
    Redação
    Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.