More
    InícioIPSSsA ABRIGO tem como objetivo a criação de uma Casa de Acolhimento...

    A ABRIGO tem como objetivo a criação de uma Casa de Acolhimento Residencial para Crianças

    A ABRIGO – Associação Portuguesa de Apoio à Criança é uma IPSS, com Utilidade Pública, que tem como objetivo principal a criação e manutenção de uma Casa de Acolhimento Residencial para Crianças em Risco.

    A par deste projeto, a ABRIGO Famílias tem em funcionamento, desde maio de 2015, a resposta social C.A.F.A.P. (Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental), nos concelhos de Montijo e Alcochete, com o objetivo de colaborar com famílias cujas crianças e jovens se encontrem em situação de risco/perigo. Esta colaboração, que é realizada em articulação estreita com outras entidades com competência em matéria de infância e juventude, visa a promoção e proteção do bem-estar das crianças e jovens e respetivas famílias, através da avaliação e promoção das competências parentais e dinâmicas de funcionamento familiar. 

    Igualmente, integrado no projeto da Casa de Acolhimento Residencial, está em funcionamento o projeto, ABRIGO Investigação, uma Unidade de Investigação em crianças em risco, que pretende promover a investigação científica no âmbito das crianças em situação de risco em Portugal e reunir toda a bibliografia já existente e em produção sobre esta área, atualmente na biblioteca Municipal de Alcochete.

    Conscientes da extrema necessidade de projetos desta índole para enfrentar o flagelo que assola as crianças portuguesas, esta associação pretende reunir esforços do mais amplo cariz da sociedade portuguesa com a finalidade de construir um dos maiores centros de acolhimento residencial para crianças em risco do nosso país, tendo prevista a segunda Unidade de Habilitação para crianças em risco, sendo a única existente a da instituição “Refúgio Aboim Ascensão”, sita em Faro.

    É mesmo esta instituição, o “Refúgio Aboim Ascensão” – “Emergência Infantil”, o modelo que a ABRIGO escolheu seguir contando, nesta altura, com toda a colaboração da mesma e nomeadamente do seu diretor, Dr. Luís Villas-Boas.

    De notar também que a ABRIGO é já membro efetivo da “Emergência Infantil”, modelo de acolhimento residencial criado no seio do Refúgio Aboim Ascensão, que tem como pilar fundamental o acolhimento precoce, científico e seguro de crianças em risco, em parceria com as diversas entidades com atuação neste âmbito, nomeadamente, Segurança Social, Saúde, Justiça e Educação.

    Para além das mais diversas instituições que aceitaram colaborar como sócias fundadoras da ABRIGO, das quais se destacam o Comité Português para a UNICEF, o Instituto de Apoio à Criança e a sua Presidente, Dra. Manuela Ramalho Eanes, e a APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, contamos também com o apoio da Câmara Municipal do Montijo, que cedeu já o terreno para a construção da Casa de Acolhimento Residencial, bem como de outras Câmaras Municipais da Área Metropolitana de Lisboa, área geográfica de influência privilegiada do projeto, para além da própria Junta Metropolitana de Lisboa e de algumas personalidades, desde médicos pediatras e psicólogos a procuradores da republica e juízes, das quais se destaca o Médico Pedopsiquiatra Dr. Pedro Stretch, o qual prestou um contributo fundamental na conceção do projeto da futura Casa de Acolhimento Residencial e se disponibilizou para colaborar com a associação no seu desenvolvimento futuro.

    José Vieira
    José Vieira
    Desde muito novo ingressou no mundo da comunicação social, em órgãos regionais, tendo sido fundador e diretor de 7 títulos, sendo atualmente diretor dos canais regionais Aveiro TV e Ribeirinhas TV, do Jornal e rádio nacional Abrigo, Correio de Sever e da Rádio regional N16.